Composição de um bonsai

Trident Acer, Brooklyn Botanical Gardens, arvore com mais de 130 anos.

Quando vemos uma planta como esta acima, logo percebemos que se trata de um bonsai bem estruturado, porém quais são os pontos que devemos analisar quando analisamos uma planta?

O importante em um bonsai não é apenas o tamanho e a forma de sua copa, mas a qualidade da obra esta em todos os detalhes, do vaso ao topo de sua copa.

Nebari, raízes.

nebari é o conjunto de raíses da planta, deve ser apresentado uma boa estrutura de raízes superficiais bom base horizontais e de forma radial,  deve se evitar o cruzamento das raízes, deve estar disposto em torno de todo o tronco dando a sensação de estabilidade e firmeza a planta.

Tashiagari, tronco.

tashiagari é o tronco da planta, consiste da parte que vai do nebari ao primeiro ramo da planta formando o primeiro terço da árvore, o estilo de bonsai em geral esta, em geral, ligada a forma do tronco. O formato do tronco é chamado de movimento, é permitido todo tipo de movimento, até mesmo a sua ausência, isso pode determinar o estilo da planta. A conicidade do tronco é muito valorizada, ou seja, o tronco deve começar bem grosso na base e afinar rapidamente.

Copa.

copa da árvore é geralmente a parte mais trabalhada da planta, e também a parte que mais muda com o tempo. Deve se evitar o formato de bola da copa pois é um formato que não se encontra na natureza, de preferencia para copa com forma triangular, porém isso varia de acordo com o estilo da planta.

Comente usando o Facebook

comentários

One thought on “Composição de um bonsai”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *