Ser ou não ser, um bonsai?

Qual a dificuldade de encontrar uma planta com um belo tronco com muito movimento para trabalhar? E quanto tempo leva para trabalhar essa planta com muita madeira morta e esculpi-la? Uma planta viva assim é muito rara, mas um bom pedaço de madeira morta é muito mais fácil de se encontrar.

Essa é a idéia por trás de um tanuki, também conhecidos como Phoenix Grafts, é pegar um pedaço de madeira morta e enxertar uma planta viva a ela. Isso já é feito pelos japoneses a muito tempo, porém como nem tudo é perfeito, a maioria dos bonsaistas não consideram os tanukis como sendo bonsai, mas isso não impede que você tenha uma bela planta dessa forma como essa ai acima.

Nyctereutes, família canídea típica do Japão, o verdadeiro tanuki.

Tanuki é uma espécie de mamífero parente das raposas típica do japão, na cultura japonesa são seres místicos travesso e alegre, mestre no disfarce e na troca de formas capaz de se passar por pessoas e objetos inanimados e que adoram saquê. As plantas chamadas de  tanuki, assim o são porque parecem bonsai, mas na realidade não são.

Apesar de toda controvérsia em torno de ser ou não um bonsai, pode-se aprender muito ao fazer um, é por isso que até mesmo no Japão é comum a utilização dessa técnica.

Eu estou reunindo materiais e informações para fazer um desses, em breve postarei aqui no blog.

Comente usando o Facebook

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *